Inspeção de segurança

Saiba mais sobre a NR 11 e a sua importância para o transporte de cargas

/
17 0
NR 11

A Norma Regulamentadora 11 (NR11) é uma das normativas publicadas pelo Ministério do Trabalho sobre os procedimentos para manuseio, movimentação e armazenagem de materiais. Com mais 700 mil acidentes de trabalho por ano, o Brasil é um dos países com os piores indicadores do mundo.

Nesse sentido, a NR 11 foi elaborada exatamente para melhorar a segurança, reduzindo os riscos de acidentes no trabalho, sobretudo, no transporte de cargas e carregamento de materiais. Entenda mais sobre o assunto neste texto e saiba a importância da norma para a logística da sua empresa!

Qual é o objetivo da NR 11?

O principal objetivo dessa norma é determinar os requisitos básicos de segurança para lidar com o manuseio, movimentação, armazenagem e transporte de cargas sem o risco de danos e acidentes no ambiente de trabalho.

Caso a norma não seja seguida à risca, os trabalhadores ficarão expostos a diversas ocorrências, como fraturas, contusões, quedas, atropelamentos, acidentes fatais, e a empresa estará sujeita a multas e, até mesmo, interdição de seu funcionamento.

A NR 11 vale para diversas empresas, departamentos e locais de trabalho do setor logístico como depósitos, almoxarifados, centros de armazenamento de cargas, centros de distribuição, canteiros de obras etc.

Quais são suas principais regras?

texto da NR 11 versa sobre medidas essenciais para a proteção da saúde e integridade física do trabalhador, além de estabelecer as formas corretas de utilização de equipamentos, máquinas e veículos relacionados às operações com cargas.

Inspeções periódicas dos veículos de carga

Segundo a normativa, as empresas devem manter um arquivo físico ou eletrônico com os dados sobre as manutenções e inspeções periódicas realizadas nos equipamentos, máquinas e veículos envolvidos em atividades logísticas.

Apresentação de relatórios comprobatórios

É necessário ainda a emissão anual de relatórios das inspeções realizadas nos equipamentos e elementos de sustentação — os quais podem ser apresentados de forma eletrônica ou impressa.

Entretanto, a inspeção só é realizada caso o profissional responsável seja legalmente habilitado e faça a apresentação da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART).

Nivelamento dos pisos

Nos pátios, onde são realizadas movimentações e armazenagens de materiais, o piso deve ser pavimentado, nivelado, sem saliências, antiderrapante e suportar as cargas usuais para evitar acidentes e a trepidação de equipamentos e máquinas. É importante ressaltar que o peso do material não pode exceder a capacidade calculada para o piso.

Proibição da circulação de pessoas durante a movimentação de cargas

A norma também determina que não deve haver circulação de pessoas nos momentos de movimentação de materiais e estabelece um perímetro mínimo para que as atividades sejam realizadas de maneira apropriada para a segurança da carga e dos trabalhadores.

Treinamento dos colaboradores

O treinamento de funcionários e colaboradores, com técnicas e ensinamentos que facilitam o aprendizado de todas as normas de segurança para o setor, é outra exigência.

Essa capacitação é custeada pelo empregador, deve ser realizada durante o horário normal de trabalho, ser repetida a cada três anos e conferir um certificado para comprovação do treinamento.

Entender bem e aplicar corretamente a NR 11 e demais normas de segurança é uma das principais responsabilidades de todo gestor de segurança e logística. Seja em pequenas ou grandes empresas, essas regras de manuseio, armazenagem e movimentação de materiais e produtos devem ser cumpridas com rigor para que o transporte de cargas seja realizado de maneira eficiente e segura.

Gostou deste conteúdo? Aproveite e assine nossa newsletter para ficar bem informado sobre a área de segurança e logística!

Leave a Reply

Your email address will not be published.