Inspeção de segurança

Saiba como evitar 5 erros de segurança na empresa

/
15 0
erros de segurança na empresa

O sucesso de um negócio depende, em grande parte, da definição de medidas protetivas corretas. Erros de segurança na empresa podem abrir margem para incidências desagradáveis como roubos e assaltos, influenciando negativamente no bem-estar dos funcionários e na integridade do patrimônio.

Corrigir essas falhas é simples: basta conhecer os principais erros e tomar medidas para solucioná-los. Quando o assunto é a proteção corporativa, os maiores deslizes costumam estar relacionados à falta de planejamento. Para ajudar você neste processo, listamos os cinco principais erros que você não deve cometer. Confira!

1. Não monitorar potenciais problemas

Toda empresa está exposta a diferentes tipos de riscos. Roubos, assaltos, ataques cibernéticos… as opções são várias, e cada uma delas depende tanto das características do negócio quanto do local onde a companhia está.

Infelizmente não há como prever exatamente quais incidências ocorrerão. Porém, é possível mapear os principais riscos e monitorá-los segundo as respectivas probabilidades e impactos, diminuindo a chance de acontecerem.

2. Não contar com um procedimento escrito

Se os potenciais problemas foram levantados, abre-se a oportunidade de criar procedimentos de resposta para cada um deles.

No momento em que se identifica uma incidência, poucas pessoas são capazes de manter um raciocínio claro e tomar decisões rapidamente. Ter um procedimento para cada contratempo permite que os profissionais responsáveis saibam como agir, reduzindo a chance de que cometam erros ou atuem de modo impulsivo.

3. Não capacitar os profissionais de segurança

Todos os profissionais responsáveis pela segurança da empresa precisam estar por dentro dos potenciais defeitos, além de treinados para os procedimentos adequados.

Não adianta apenas documentar riscos ou ações e depois esquecê-los. É necessário realizar treinamentos regularmente, garantindo que os profissionais estejam preparados para atuar da maneira correta em eventuais emergências.

4. Não utilizar os equipamentos corretos

Assim como cada possível incidência demanda uma reação, também existem equipamentos apropriados para evitar ou combatê-las.

Com o avanço da tecnologia, cada vez existem mais soluções disponíveis. Na hora de pensar na segurança da organização, deve-se analisar quais são as melhores alternativas para os riscos aos quais ela se julga exposta.

5. Não conscientizar os colaboradores

A segurança não depende apenas de vigilantes e equipamentos. Os colaboradores precisam ser informados a respeito dos atos de rotina que devem manter em seu dia a dia de trabalho, aumentando assim a proteção do ambiente.

Com um bom planejamento, os erros de segurança na empresa podem ser evitados desde o início da implementação de procedimentos protetivos. Pensar neles permite que você crie uma solução única, respondendo aos perigos aos quais está exposto.

Nesse sentido, a figura do gestor de segurança privada figura como algo fundamental. Preparado para analisar cada caso dentro das particularidades, esse profissional organiza um plano de segurança específico, atendendo às necessidades da companhia.

Agora que você já sabe como evitar os principais erros de segurança na empresa, que tal ir mais a fundo no que diz respeito ao papel do gestor de proteção privada? Aproveite a visita e saiba o que é esperado desse profissional!

Leave a Reply

Your email address will not be published.